MOSTRA CASAS CONCEITO

Arquitetura, decoração e arte

Apresentação arquitetura e áreas comuns Casa Conceito Virtual Experience

Pré-lancamento Mostra Casas Conceito Virtual Experience

Andrea Velame apresenta Casas Conceito Virtual Experience

Marcus Barbosa assina Masterplan

Nathália Velame assina Áreas Comuns

Quântica Design desenvolve o projeto de computação gráfica

7

COMO FUNCIONA

A curadoria dos profissionais que participarão da Mostra será feita por Andrea Velame. Encaminhe seu portfólio e contato para o nosso e-mail para mais informações.

Como posso participar da mostra Casas 

CONCEITO Virtual Experience?

01. DE QUE FORMA SERÁ A VISITAÇÃO DA MOSTRA?

A visitação da mostra será gratuita e acontecerá exclusivamente através do nossos portal. Para acessar será necessário ter um login e após o cadastro seu acesso à visitação será permitido.

02. COMO SERÁ A EXIBIÇÃO DOS PROJETOS?

Na página oficial de cada ambiente teremos as informações abaixo:

  • Dados do arquiteto/designer com link do whatsapp e site;
  • Imagens estáticas: 3D;
  • 360º do ambiente com lista de fornecedores, galeria de fotos e link para lojas.
  • Tour virtual;
  • Vídeo com narração do ambiente pelo arquiteto de 3 minutos;

03. A MOSTRA SERÁ LOCAL OU NACIONAL?

Mundial! A internet não tem limites, fronteiras!

04. COMO SERÁ FEITA A DIVULGAÇÃO DA MOSTRA?

Teremos 2 contatos de assessoria de imprensa um em Salvador e outro em São Paulo. Teremos uma extensa divulgação com performance em todas as plataformas digitais:

  • Site;
  • Revista Digital;
  • Lives semanais;
  • Programa no youtube;
  • Linkedin;
  • Pinterest;
  • Instagram;
  • Podcast.

Casas Conceito 2020

Masterplan Marcus Barbosa

Casas Conceito 2019

Masterplan Adriano Mascarenhas

Casas Conceito 2018

Masterplan Rogério Menezes

Andrea Velame Responde sobre a Casas

Conceito Virtual Experience

01. NÁDIA SIMONELLE (CASA.COM)

Nádia Simonelli: O que vocês pensaram para que todos os detalhes de cada projeto não passem despercebidos pelos visitantes?

AV: Nádia, criamos um formato para atender a demanda do arquiteto, dos fornecedores lojistas, indústria e para o visitante. Para isso, na página de cada ambiente, teremos abas para visitação em 4 formatos:

  • Imagem estática em 3D
  • 360º (com o link do site de cada fornecedor);
  • Tour Virtual;
  • Vídeo narrado pelo profissional que assina o ambiente.

Acredito que, em uma mostra virtual, o maior desafio seja transmitir a atmosfera que cada profissional quis criar e os detalhes são importantes para isso.

02. MÔNICA BARBOSA (LIVING DESIGN)

Monica Barbosa: Em percentual, qual a diferença de valor total bruto de realização (somando projeto, obras, mão de obra, eventos e comunicação), da mostrar física para virtual?

AV: Monica, somando todos esses investimentos existe uma redução de quase 80% do valor da Mostra Física para os profissionais.

Monica Barbosa: E, na descrição dos produtos, vai aparecer o preço e o link para o e-commerce da marca?

AV: Teremos o link de cada produto e uma ferramenta para encaminhar para cada fornecedor o contato de todas as pessoas que clicarem os produtos, mas o e-commerce ainda é uma ferramenta sendo implantada na maioria dos fornecedores do setor de arquitetura e decoração.

03. THAIS LAUTON (CASA E JARDIM)

Thais Lauton: Quais os novos desafios que os profissionais enfrentarão nesse conceito de mostra digital?

AV: O maior desafio é a utilização da tecnologia a seu favor e conseguir, através de todas as nossa alternativas de visitação, passar emoção. O evento apesar de ser digital não pode perder a alma!

Thais Lauton: Como foi a seleção dos profissionais para a mostra? O que foi levado em consideração?

AV: Nós vamos priorizar os profissionais que já haviam fechado sua participação na mostra física e estou convidando alguns nomes de algumas capitais do Brasil. Teremos nomes muito bacanas na Mostra.

Thais Lauton: Por ser um projeto completamente digital, um dos grandes desafios certamente é trabalhar as sensações que uma mostra física oferece naturalmente. De que maneira isso será possível?

AV: Será possível através das diferentes formas de visitação. O público pode visitar os ambientes de quatro formas: através de imagem estática 3D, como habitualmente é usada, através do 360º onde pode percorrer do teto ao piso, pode ser também com um vídeo com um tour virtual e ainda um vídeo narrada onde cada profissional poderá contar a sua experiência de criação.

04. REGINA GALVÃO (EDITORA OLHARES)

Regina Galvão: Em tempos em que a sustentabilidade deve ser mandatória nos projetos de arquitetura, o modelo digital parece estar ainda mais adequado a esse conceito. Será esse o destino das mostras de decoração a partir de agora?

AV: Regina, estamos vivendo em um mundo de muitas experiências e aprendizados e eu acredito que a Mostra Virtual veio para ficar, mas não acredito na substituição da Mostra Física. Costumo dizer que o crescimento do on-line é um fato, mas o off-line continuará sempre com seu espaço. Eu, por exemplo, não pretendo abrir mão da paixão de pegar uma revista e desfrutar dessa sensação.

Regina Galvão: Quais foram as principais dificuldades encontradas por vocês para colocar esse modelo de pé?

AV: A minha maior dificuldade foi aprender em 90 dias tudo relacionado a tecnologia e as duzentas possibilidades que ela oferece. Esse foi um período de muito aprendizado, mas tenho me sentido feliz por sentir que estou acompanhando os processos evolutivos do mundo. E a segunda foi não adotar um espaço existente, a Casas Conceito foi criada com DNA e uma valoração da arquitetura de autor, por isso resolvi implantar a Mostra no meio da Baia de Todos os Santos em uma área de 15.000m² com a união de 15 casas e 2 prédios. Isso realmente foi a minha maior loucura!

Regina Galvão: Vejo que os empreendedores do universo da decoração têm se organizado para apresentar soluções criativas e virtuais para movimentar esse mercado. A ideia da mostra Casas Conceito de simular um passeio de barco pela Baía de Todos os Santos para iniciar a visita à exposição é muito sedutora. Mesmo acontecendo em plataforma digital, representa um respiro vivenciar projetos bem executados em torno de paisagem idílica.