Morre o médico e cientista Elsimar Coutinho

Mais de 60 anos dedicados à medicina e um dos médicos mais premiados e requisitados do Brasil, referência em reprodução humana e no desenvolvimento de anticoncepcionais femininos, esse e era Elsimar Coutinho, que faleceu aos 90 anos em São Paulo (SP), vítima de complicações da COVID-19. O governador da Bahia, Rui Costa, decretou luto oficial nesta terça-feira, 18, e declarou: “Elsimar Coutinho foi, antes de tudo, um homem inquieto, dedicado ao seu trabalho como médico e pesquisador, levando o nome da Bahia para todo o mundo. Para os pacientes é a perda de um profissional brilhante e para a família e amigos a dor da partida de um ente querido. Que Deus os conforte nesse momento tão triste para todos nós. Siga em paz, Dr. Elsima”. O prefeito de Salvador, ACM Neto também falou sobre o médico, “A Bahia e o Brasil perdem um patrimônio, uma inteligência rara, com essa triste partida do professor Elsimar Coutinho, cuja contribuição para a medicina e para ciência é reconhecida em todo o planeta”, destaca. O médico deixa esposa, cinco filhos, 12 netos e quatro bisnetos. Seu corpo será cremado às 15h, do dia 18, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador (BA).