Festival de Street Art da Bahia retoma programação nesta semana com oficinas online e graffiti em Santo Amaro

Depois de reunir grafiteiros do MUSAS – Museu de Street Art de Salvador – e outros cinco artistas convidados para colorir os muros de acesso à comunidade do Gamboa, em Salvador, a programação do FESTA (Festival de Street Arte da Bahia) retorna nesta semana.

Na sexta-feira (05) o público poderá conferir no site do projeto, http://www.festastreetart.com.br/, três oficinas com os grafiteiros criadores do MUSAS, Bigod, Prisk e Júlio Augusto. Os temas são Prisk: Wild StyleBigod: Luz e Sombra; e Júlio: Ocupação de Território pelo Graffiti, quando os artistas vão falar também sobre seus processos de criação. Essas oficinas serão temas ainda de um bate-papo, que acontecerá no dia 09 de fevereiro, no site do projeto, com 100 vagas oferecidas e inscrições gratuitas até o dia 09.

Já no sábado (06) e domingo (07) o FESTA desembarca em Santo Amaro, mas precisamente na comunidade Quilombola de São Brás. Por lá, os artistas Tiana, Reiv, Ananda, Quel e Sid vão deixar suas obras nos muros do local, inspirados em temas como empoderamento feminino, raça, gênero, meio-ambiente e ancestralidade. Todo o processo de pintura dos muros será feito respeitando os protocolos e cuidados orientados pelo Ministério da Saúde para evitar o avanço da COVID-19.

         O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal. A realização é do MUSAS (Museu de Street Art de Salvador) e da Via Press Comunicação. A coordenação de produção é de Paula Hazin.