Brasil de Coração instala totens digitais com desfibrilador externo automático na Estação da Lapa

A cada 90 segundos, em média, uma pessoa morre no Brasil em decorrência de problemas cardíacos, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Muitas dessas mortes poderiam ser evitadas com um primeiro atendimento rápido, auxiliado com o uso de um desfibrilador externo automático (DEA), principalmente em locais de grande circulação de pessoas. Para mudar essa realidade, o projeto Brasil de Coração, que tem como missão salvar vidas, vem instalando totens digitais com o DEA acoplado em diferentes pontos de Salvador.

O primeiro local que recebe seis equipamentos é a Estação da Lapa, considerado o “coração” viário da cidade por ter uma circulação diária de cerca de 560 mil pessoas. Logo em seguida, os dispositivos serão instalados nos principais shoppings. A entrega oficial na estação de transbordo acontece nesta quarta-feira, 9, às 9h30, com as presenças do diretor-presidente da Nova Lapa, Zilney Campello, e do diretor administrativo-financeiro, Cesamirando Silva. A data, que marca também o lançamento do projeto, foi escolhida por ser o início do “Setembro Vermelho”, mês dedicado à prevenção de doenças do coração.

Além de Salvador, que é a primeira capital a receber os equipamentos, o Brasil de Coração já estabelece parcerias com grandes empresas para levar os totens digitais com o DEA acoplado para Recife, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.